Etapa de Diagnóstico

Após a Preparação, na qual foram organizadas as principais atividades do projeto de elaboração do PDTI, inicia-se o 2º subprocesso da Elaboração do PDTI: o Diagnóstico.
Este subprocesso se caracteriza por buscar compreender a situação atual da TIC na organização para, em consonância com esse quadro, identificar as necessidades (problemas ou oportunidades) que se espera resolver.
Para isto, são contempladas as atividades relacionadas à análise estratégica e ao levantamento de necessidades. A análise estratégica é realizada para posicionar a TIC do órgão no seu contexto organizacional. O levantamento de necessidades parte daquelas relacionadas à informação e se desdobra em todas as outras associadas à TIC: serviços, infraestrutura, contratações e pessoal de TIC.
É importante observar que este subprocesso exige grande interação com as outras áreas da organização, uma vez que realiza extensa coleta de dados e análise de documentos. Um dos principais artefatos produzidos neste subprocesso, e muito importante para todo o processo de Elaboração do PDTI, é o Inventário de Necessidades. O inventário é consolidado, ao final do subprocesso, a partir do levantamento de necessidades provenientes, basicamente, de todas as atividades que compõem a fase de diagnóstico.
No Diagnóstico, a execução de grande parte das atividades compete à Equipe de Elaboração do PDTI. Porém, o Comitê de TIC também atua, especificamente, para realizar a aprovação do inventário de necessidades, após a consolidação pela Equipe de Elaboração do PDTI.
As atividades que compõem o subprocesso de Diagnóstico são:

1.2.1 – Analisar resultados do PDTIC anterior;
1.2.2 – Analisar o referencial estratégico de TIC;
1.2.3 – Analisar a organização da TIC;
1.2.4 – Realizar Análise SWOT da TIC;
1.2.5 – Estimar a capacidade da execução da TIC;
1.2.6 – Planejar o levantamento das necessidades;
1.2.7 – Identificar necessidades de Informação;
1.2.8 – Identificar necessidades de Ser viços de TIC;
1.2.9 – Identificar necessidades de Infraestrutura de TIC;
1.2.10 – Identificar necessidades de Contratação de TIC;
1.2.11 – Identificar necessidades de Pessoal de TIC;
1.2.12 – Consolidar o Inventário de Necessidades;
1.2.13 – Alinhar as necessidades de TIC às estratégias da organização;
1.2.14 – Aprovar o Inventário de Necessidades.

Fonte: Guia de PDTIC do SISP versão 2.0